O assovio é a música do vento.

1

Acho que Deus criou o mundo para ter vento e o assovio ir mais longe.


O ASSOVIO É A MÚSICA DO VENTO.

As religiões tem uma certeza em comum. Para qualquer que seja ela, Deus sempre existiu. Deus não tem início e não terá fim, apesar de já terem dito que Deus morreu. Talvez seja só o Deus cristão que morreu, vai saber!

Foto de pintura acrílica em tela com beija flor em voo.

Ele que sempre existiu, num determinado momento, criou o mundo. Criou todas as coisas e todos os seres.

Sabe quando foi isso? Pois é, foi quando Deus aprendeu a falar. Eu acho! Ficou tanto tempo sozinho só porque ainda não sabia falar.

Mas num determinado momento Ele criou o mundo. Foi exatamente quando Ele disse: faça-se a Luz. E a partir daí foi criando as coisas e dizendo que era bom. Ele estava tão maravilhado de poder falar que a cada coisa que criava, dizia que aquilo era bom. Nem precisava dizer nada, pois Ele ainda estava sozinho.

Viu só como a fala é importante? Serve para criar, inclusive.

Mas e antes de criar a Luz, o que Deus fazia com a boca, já que ainda não falava? Você não sabe, né? Acontece que eu sei: ele assoviava.

Só não sei ao certo se o Todo Poderoso, assoviava ou assobiava, mas no final é tudo a mesma coisa. Por isso acredito que Deus era feliz antes do mundo existir. Era só aquele pio do tempo todo, na santa boquinha.

Ah, o assovio. O assovio é a música do vento.

Acho até que foi por causa do assovio que Deus resolveu inventar o mundo, pra ter vento e o assovio, mais alto, chegar lá longe. Aí pegou gosto e foi criando outras coisas mais.

E daí? Daí fica claro que a função da boca é de assoviar. Para isso foi criada e foi isso que Deus ensinou ao nosso bom e antigo Adão. Mas Eva começou a falar. Aí foi que a coisa degringolou. Pois esse era o segredo da árvore do paraíso: a fala. Era só a Eva ter ficado caladinha que estava tudo um Paraíso.

Nem vem me acusar de feminicídio, tá lá na Bíblia, reclama com ela. Me inclui fora dessa!

A questão é que Deus havia proibido isso de falar. Falando as pessoas poderiam criar e destruir coisas. E foi o que logo aconteceu. Abel xingou Caim de filho de alguma coisa e já rolou um bate boca e o primeiro assassinato. Pior, entre irmãos. Começamos bem.

E assim segue a desumanidade. Com as falas, até criamos umas coisas, porém destruímos muito mais. Com nossas fofocas, com as maledicências, destruímos reputações, virgindades, histórias; destruímos tudo, até pessoas.

No passa a régua a lição é a seguinte: se você quer agradar a Deus e fazer o bem, ao invés de falar, assovie. Solta aí uma melodia ao vento e pronto, a sua parte fica feita. Tipo passarinho, que não incomoda ninguém e alegra a todos. Assoviando!


Áudio: Trabalhos técnicos de Ricardo Lima – RÁDIO UEL.

Acesse outro post com esta temática.

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn