Uma história sem fim

A história de um tempo em que não temos histórias para contar, somente uma foto a postar.

Minhas desopiniões.

“E só o fácil satisfaz a quem não pensa. . . . Olhai as vacas do campo: não lhes faz falta a ciência.”

Educa pet.

O mundo atual empenha-se em adestrar os humanos e educar os cães.

Morte do leiteiro

O poema de Carlos Drummond de Andrade (1945), tem um significado atual. A bala de revólver que mata bandido, também mata inocentes.

Voo livre.

Se não deixamos nossos filhos livres em suas escolhas, impedimos que a humanidade progrida.

Ideias de Inseto.

Aranha na teia, aguardando a presa.

Tem ideia que só pode mesmo caber na minúscula cabeça de um inseto.

Morte digna.

Um indigente só passou a fazer parte das preocupações da vizinhança depois que morreu. Morto passou a merecer um cadinho de dignidade.

Altruísmo impuro.

Questionar nossos objetivos de vida é indispensável para atingirmos nossos sonhos e, talvez, até a felicidade.

Inesperavam-se!

O que move a viagem é uma insustentável saudade daquilo que não conheço.